Organizações listam dez lugares mais contaminados do mundo

0
582

lista-mais-contaminados

Diferentes formas de contaminação ameaçam a saúde de 200 milhões de pessoas no mundo, denunciaram esta terça-feira (5) organizações de defesa do meio ambiente, que publicaram a lista dos dez locais mais contaminados do planeta.

“Estimamos que a saúde de mais de 200 milhões de pessoas esteja ameaçada”, afirmou o diretor da organização Blacksmith Institute, Richard Fuller.

Para ajudar as autoridades a lutar contra as diferentes formas de contaminação, esta organização estabeleceu junto à Cruz Verde, ONG com sede em Genebra, uma lista dos dez locais mais contaminados do mundo.

Entre esses locais está a bacia do Rio Matanza-Riachuelo, na região de Buenos Aires, na Argentina, onde 5 mil indústrias lançam seus resíduos, afetando a saúde de 20 mil pessoas.

O lixão gigante de material eletrônico de Agbogbloshie, em Gana, que expõe 40 mil pessoas à contaminação por chumbo, mercúrio e cádmio, também integra a lista.

As organizações denunciam, ainda, a contaminação do solo relacionada ao petróleo no Delta do Níger, na Nigéria, assim como aquela provocada pelos resíduos de chumbo da explosão de minério (já encerrada) em Kabwe, a segunda cidade de Zâmbia.

Abaixo se tem uma lista:

10 lugares mais poluídos do mundo

(em ordem alfabética de país, segundo Blacksmith Institute e Cruz Verde)

Rio Matanza, Argentina (compostos orgânicos voláteis, principalmente tolueno)
Hazaribagh, Bangladesh (cromo)
Lixão Agbogbloshie, Gana (chumbo, cádmio e mercúrio)
Rio Citarum, Indonésia (chumbo, cádmio, cromo e pesticidas)
Kalimantan, Indonésia (cádmio e mercúrio)
Delta do Rio Níger, Nigéria (petróleo)
Dzershinsk, Rússia (sarin, chumbo, fenóis e subprodutos tóxicos)
Norilsk, Rússia (metais pesados)
Chernobyl, Ucrânia (radionuclídeos)
Kabwe, Zâmbia (chumbo)